Um Dia na Vida de Ivan Denisovich

fiction, Novel by Alexander Soljenítsin
We can tell you if you would like this book! Take the tour to see how it works!

Blurb

Um dia na vida de Ivan Denisovich é um livro do escritor russo Alexander Soljenítsin, que foi publicado em novembro de 1962. O livro relata a história fictícia do russo Ivan Denisovich, acusado injustamente de ter espionado a favor do alemães, após a sua captura na frente de batalha. Esta história é semelhante ao que o autor Alexander Soljenítsin passou após a guerra. O livro descreve as impressionante condições da prisão e do sistema prisional soviético. Na sua pena de dez anos, Ivan Denisovich tem que a cada dia trabalhar no Cazaquistão sob temperaturas baixíssimas, tendo dificuldade para se alimentar devido à péssima comida, é punido por dormir por mais de alguns minutos, tem que trabalhar fazendo o uso de luvas que se rasgam com facilidade, usar sapatos de número inferior ao de seu pé e dormir em camas improvisadas com cobertores sujos e rasgados. Os prisioneiros tem que torcer para que a temperatura externa seja inferior a -41°C, para que possam ser dispensados do árduo trabalho diário. Um dia, Soljenítsin após muito relutar procurou o editor-chefe da Noviy Mir, um poeta chamado Alexander Tvardóvski, com o seu manuscrito em mãos.

First Published

1962

Member Reviews Write your own review

mandavi

Mandavi

Irgendwie verstörend, dass, obwohl die beschriebenen Lebensbedingungen so extrem sind, Glücksempfindungen immer noch so stark sein können. Andererseits auch sehr beruhigend. Aber es fällt nicht ganz leicht Iwans Empfindungen wirklich zu verstehen, wenn man mit vollem Bauch im Warmen sitzt. Die einsetzen Mittel zur (Selbst-) Kontrolle der Massen lassen einen über die eigenen sozialen Gefüge grübeln. Vergessen sind diese Methoden sicher nicht.

0 Responses posted in February
Log in to comment