Memorial do Convento

Speculative fiction by José Saramago
We can tell you if you would like this book! Take the tour to see how it works!

Blurb

Memorial do Convento é um romance de José Saramago, conhecido internacionalmente, publicado pela primeira vez em Outubro de 1982. A acção decorre no início do século XVIII, durante o reinado de D. João V e da Inquisição. Este rei absolutista, graças à grande quantidade de ouro e de diamantes vindos do Brasil Colónia, mandou construir o magnânimo Palácio Nacional de Mafra, mais conhecido por convento, em resultado de uma promessa que fez para garantir a sucessão do trono. Através da íntima relação entre a narração ficcional e a histórica, o romance critica a exploração dos pobres pelos ricos, que origina a guerra entre os indivíduos, e a corrupção pertencente à natureza humana - com especial enfoque na corrupção religiosa. Revela igualmente o tema do solitário que luta contra a autoridade, recorrente nas obras de Saramago. Ver e não ver são as chaves simbólicas do romance. Baltasar tem a alcunha de Sete-Sóis, porque apenas consegue ver à luz, enquanto que Blimunda é chamada de Sete-Luas, porque consegue ver no escuro, com o recurso ao seu dom - a ecovisão. Assim, esta dupla, cuja alcunha contém o Sete e a relação Sol-Lua, representa simbolicamente o uno.

First Published

1982

Member Reviews Write your own review

funkpreacher

Funkpreacher

Nicht ganz einfach zu lesender Roman, der aber in einer wunderbaren Sprache geschrieben ist, mit einem feinen Sinn für Sarkasmus. Er bewegt sich auf einer feinen Linie zwischen Realismus und Traum, immer bereit das Pendel in eine dieser Richtungen ausschlagen zu lassen.

0 Responses posted in May
Log in to comment